Premiações

oscars-2017-5409-234

“La La Land” e “Moonlight” dominam o “Oscar 2017″; vem saber tudo o que rolou!

Rolou na noite deste domingo (26) em Los Angeles, a mais importante premiação da indústria cinematográfica, o Academy Awards, popularmente conhecido como “Oscar”. Sob o comando do afiado Jimmy Kimmel, a cerimônia da 89ª edição do babado confirmou consagrou o musical “La La Land” e o drama “Moonlight” como grande vencedores. Indicado a 14 estatuetas, o primeiro levou um total de 6, dentre elas: “Melhor Direção”; “Melhor Fotografia” e “Melhor Atriz” para a adorável Emma Stone. Já o segundo ganhou o prêmio máximo (Melhor Filme); “Melhor Roteiro Adaptado” e “Melhor Ator Coadjuvante” para Mahershala Ali.

A disputa entre eles foi tão acirrada que até no último momento, o jogo virou… É que o musical chegou a ser anunciado,enganadamente, como o vencedor do prêmio de “Melhor Filme”, por conta de uma troca de envelopes. A produção do evento entregou ao ator Warren Beatty, o envelope referente à categoria anterior, a de “Melhor Atriz”, vencida por Emma Stone e ele leu em alto e bom som: “La La Land”. Quando o elenco e a equipe do musical já estavam no palco para o discurso, um membro da produção interrompeu o momento para comunicar a falha, informando  que “Moonlight” era o nome escrito no envelope correto. Assista:

hahahaha Que baphão, né?! A gente ficou igual a Nazaré naquele gif, toda confusa kkkkkkk Antes de todo esse B.O, o Oscar começou organizadinho e super animado com o Justin Timberlake mandando ver numa performance de “Can’t Stop The Feeling”. O muso foi desde a entrada do Dolby Theatre até ao palco do evento, agitando a plateia cheia de celebs e no final ainda dançou com a sua esposa Jessica Biel! hahahaha Olhem que maravilhoso:

Na sequência desse lacre, foi a vez de Jimmy Kimmel assumir o posto de anfitrião, que não aliviou nas alfinetadas em seu monólogo… Sobrou pro Trump, para a própria Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e até pro Matt Damon hahahaha “Quero agradecer ao Presidente Trump, lembram-se do ano passado, quando parecia que os Oscars eram racistas?“, criticou ele, em referência à ausência de negros entre os indicados da edição anterior do prêmio. “Foi um ano maravilhoso, os negros salvaram a NASA e os brancos salvaram o jazz“, completou Jimmy, brincando com os enredos de “Estrelas Além do Tempo” e “La La Land: Cantando Estações”, respectivamente. Sobre Damon, Jimmy cutucou os quilinhos a mais do ator: “Quando eu conheci Matt, eu era o gordo“.

E não pensem que o Jimmy deixou o Trump sossegado depois dessa não! Pelo contrário… hahahaha Após duas horas de premiação, o anfitrião se queixou de que o atual Presidente dos EUA ainda não havia tuitado nada sobre a cerimônia. (Pra quem não se lembra, no “Globo de Ouro”, Donald usou a rede social para criticar Meryl Streep, após a atriz alfinetá-lo durante o discurso) Daí o próprio Kimmel resolveu atiçar Trump, mandando uma mensagem pro presidente no Twitter, questionando se ele ainda estava acordado hahahaha Tudo isso ao vivo; cata:

Pra não dizerem que ele só distribuiu acidez durante a noite, Jimmy ordenou que pacotinhos com doces caíssem do teto; a Taraji P. Henson, por exemplo, se animou bastante com a entrega hahahaha:

E se Kimmel levou a estatueta de “Melhor Alfinetador”, nossa diva Viola Davis certamente venceu a categoria “Mais forte discurso de agradecimento”. Após ser premiada com o Oscar de “Melhor Atriz Coadjuvante” pelo trabalho em “Um Limite Entre Nós”, Viola conseguiu emocionar vários colegas presentes na plateia com suas palavras. “Eu me tornei uma artista, graças a Deus, porque é a única profissão que celebra o que é viver uma vida. [...] Obrigado ás pessoas que me ensinaram a falar, a amar, a segurar um prêmio, meus pais. Sou tão grata por Deus ter escolhido vocês para serem meus pais nesse mundo. Minhas irmãs que trabalharam comigo. Meu marido e minha filha, minha gênese, vocês me ensinam todos os dias como viver, como amar.”

Que mulher, né?! Segundo o Jimmy, no próximo Emmy (prêmio destinado aos trabalhos na TV norte-americana), Viola vai levar um troféu por esse discurso hahahaha Do mesmo modo que as piadinhas de Kimmel se seguiram ao longo da noite, performances musicais também entoaram a premiação. Além da já comentada “Can’t Stop The Feeling”, outras quatro faixas igualmente indicadas a “Melhor Canção Original” foram interpretadas no palco. Pra conferi-las é só dar play a seguir:

“How Far I’ll Go” – Moana

“The Empty Chair” – Jim: The James Foley Story

“Audition (The Fools Who Dream)” e “City of Stars” – La La Land

Que lindo, né?! O Legend arrasou, mas a Emma e o Ryan bem que poderiam ter dado uma palhinha, né?! hahahaha De qualquer forma, “City of Stars” levou a melhor na categoria das canções, o que ajudou La La Land a confirmar seu favoritismo. Por falar nisso, acho que é hora de contarmos, por completo, quem venceu o quê, né?! Vamos à íntegra da lista com os premiados destacados em negrito:

Melhor Filme
A Chegada
Um Limite Entre Nós
Até o Último Homem
A Qualquer Custo
La La Land: Cantando Estações
Lion: Uma Jornada para Casa
Manchester à Beira-Mar
Estrelas Além do Tempo
Moonlight: Sob a Luz do Luar – VENCEU

Melhor Ator
Casey Affleck – Manchester à Beira-Mar – VENCEU
Andrew Garfield – Até o Último Homem
Ryan Gosling – La La Land: Cantando Estações
Viggo Mortensen – Capitão Fantástico
Denzel Washington – Um Limite Entre Nós

Melhor Atriz
Isabelle Hupert – Elle
Ruth Negga – Loving
Natalie Portman – Jackie
Emma Stone – La La Land: Cantando Estações – VENCEU
Meryl Streep – Florence: Quem é Essa Mulher?

Melhor Diretor
Dennis Villeneuve – A Chegada
Mel Gibson – Até o Último Homem
Damien Chazelle – La La Land: Cantando Estações – VENCEU
Kenneth Lonergan – Manchester à Beira-Mar
Barry Jenkins – Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhor Atriz Coadjuvante
Viola Davis – Um Limite Entre Nós – VENCEU
Naomie Haris – Moonlight: Sob a Luz do Luar
Nicole Kidman – Lion: Uma Jornada para Casa
Octavia Spencer – Estrelas Além do Tempo
Michelle Williams – Manchester à Beira-Mar

Melhor Ator Coadjuvante
Mahershala Ali – Moonlight: Sob a Luz do Luar – VENCEU
Jeff Bridges – A Qualquer Custo
Lucas Hedges – Manchester à Beira-Mar
Dev Patel – Lion: Uma Jornada para Casa
Michael Shannon – Animais Noturnos

Melhor Roteiro Original
A Qualquer Custo
La La Land: Cantando Estações
The Lobster
Manchester à Beira-Mar – VENCEU
20th Century Women

Melhor Roteiro Adaptado
A Chegada
Um Limite Entre Nós
Estrelas Além do Tempo
Lion: Uma Jornada para Casa
Moonlight: Sob a Luz do Luar  VENCEU

Melhor Edição/Montagem
A Chegada
Até o Último Homem – VENCEU
A Qualquer Custo
La La Land
Moonlight

Melhor Animação
Kubo e as Cordas Mágicas
Moana: Um Mar de Aventuras
Minha Vida de Abobrinha
The Red Turtle
Zootopia – VENCEU

Melhor Documentário em Longa-Metragem
Fire at Sea
I Am Not Your Negro
Life, Animated
O.J.: Made in America – VENCEU
13th

Melhor Filme Estrangeiro
Land of Mine (Dinamarca)
A Man Called Ove (Suécia)
The Salesman (Irã) – VENCEU
Tanna (Austrália)
Toni (Alemanha)

Melhor Canção Original
“Audition (The Fools Who Dream)” – La La Land
“Can’t Stop the Feeling” – Trolls
“City of Stars” – La La Land – VENCEU
“The Empty Chair” – Jim: The James Foley Story
“How Far I’ll Go” – Moana

Melhor Trilha Sonora
Jackie
La La Land: Cantando Estações – VENCEU
Lion: Uma Jornada para Casa
Moonlight: Sob a Luz do Luar
Passageiros

Melhor Fotografia
A Chegada
La La Land: Cantando Estações – VENCEU
Lion: Uma Jornada para Casa
Moonlight: Sob a Luz do Luar
Silêncio

Melhor Design de Produção
A Chegada
Animais Fantásticos e Onde Habitam
Ave César!
La La Land: Cantando Estações – VENCEU
Passageiros

Melhor Maquiagem e Cabelo
A Man Called Ove
Star Trek: Sem Fronteiras
Esquadrão Suicida – VENCEU

Melhor Figurino
Aliados
Animais Fantásticos e Onde Habitam – VENCEU
Florence: Quem é Essa Mulher?
Jackie
La La Land: Cantanto Estações

Melhores Efeitos Visuais
Horizonte Profundo: Desastre no Golfo
Doutor Estranho
Mogli: O Menino Lobo – VENCEU
Kubo e as Cordas Mágicas
Rogue One: Uma História Star Wars

Melhor Edição de Som
A Chegada – VENCEU
Horizonte Profundo: Desastre no Golfo
Até o Último Homem
La La Land: Cantando Estações
Sully: O Herói do Rio Hudson

Melhor Mixagem de Som
A Chegada
Até o Último Homem – VENCEU
La La Land: Cantando Estações
Rogue One: Uma História Star Wars
13 Hours: The Secret Soldiers of Benghazi

Melhor Documentário em Curta-Metragem
Extremis
4.1 Miles
Joe’s Violin
Watani: My Homeland
The White Helmets – VENCEU 

Melhor Curta-Metragem
Ennemis Intérieurs
La Femme et le TGV
Silent Nights
Sing – VENCEU
Timecode

Melhor Curta de Animação
Blind Vaysha
Borrowed Time
Pear Cider and Cigarettes
Pearl
Piper – VENCEU

por Pedro Hosken, 27 de fevereiro de 2017

POSTS RELACIONADOS

COMPARTILHAR NO FACEBOOK