De Frente Com Gloss

valesca

#DeFrenteComGloss: Valesca Popozuda

O “De Frente com Gloss” está de volta mandando um belo beijinho no ombro das inimigas. Voltei para um papo com a nova sensação pop brasileira: VALESCA POPOZUDA. Ok, a Valesca não é nenhuma novidade… Tem uma carreira longa e bomba nos funks afora faz tempo… Masss… não é todo dia que vemos uma cantora dar uma reviravolta na carreira como ela fez ao lançar “Beijinho no Ombro”, o hit de todo mundo que já teve que conviver com uma recalcada. Valesca, que tem uma das maiores bundas do país – sim, ela colocou silicone e consegue apoiar uma xícara na bunda sem problemas – está determinada a ser a nova diva pop brasileira. Com dinheiro no bolso, conquistado por uma média de 30 shows por mês,Valesca está disposta a tombar as inimigas com seu salto 15 Louboutin (sim, ela tem vários) e quer sim ser musa gay. Nesse papo ela foi SUPER Sincera e contou até sobre o que os boys pedem pra ela fazer na cama.Coloque sua sainha sem calcinha e venha ler o bate papo babadeiro da gente!

Captura de Tela 2014-01-25 às 14.02.41

HG – Valesca, “Beijinho no Ombro” é o novo fenômeno musical do Brasil. Quem foi a recalcada que inspirou essa música?
Valesca -
Graças a Deus caiu no gosto popular, eu não fiz a música! Eu já falava muito o refrão, sempre que falava algo eu dizia e fazia “Beijo no Ombro”, então meu empresário recebeu a música do Wallace Viana e Andre Vieira e me falou “Valesca é a sua cara!!!”, e foi hahaha “TIRO , PORRADA E BOMBA”! Caiu como uma luva, eu costumo dizer que a música é um recado pra todas mulheres, né? Toda mulher tem um recalque dentro dela, olha o sapato da outra e não gosta, olha o cabelo e repara falando mal, então, não existe uma recalcada única que deve ter inspirado eles a fazer a letra hahahah

HG – A primeira vez que ouvi a música, eu entendi “Que Picão” e deixa de recalque, no lugar de “Keep Calm”. Foi de propósito? Ou foi só eu que entendi isso? rs…
Valesca –
Menino você anda com a “Pica” na cabeça né? Hhahahaha mas outras duas pessoas já vieram me dizer isso ahhaha você é a terceira. Não foi de propósito, deve ser o meu sotaque ou a forma que falo que deu a entender isso, mas não foi proposital hahahaha é o costume de vocês em ficar com o “Picão” na cabeça hahahahaha

HG – Você veio da Gaiola que tinha umas músicas muito mais explícitas, tipo “Hoje eu não vou dar, eu vou distribuir” e “Agora sou piranha e ninguém vai me segurar”. Esse lado da Valesca acabou?
Valesca –
Digamos que esse lado está trancada na Gaiola por tempo indeterminado, quando eu pensei, há 1 ano e meio, em fazer carreira solo eu já pensava em vir com algo diferente. De lá pra cá, meu Twitter e Face bombam com os adolescentes me mandando mensagem e dizendo que gostam de mim, então não tinha como eu fazer uma música que não fosse pra eles, então esse lado deu certo e o outro lado Valesca Gaiola, por enquanto, só existe nos shows, continuo cantando as músicas da forma que cantava na Gaiola, não tem como fazer um show sem cantar “De sainha” na versão proibidão, o público me mata hahahahaha

HG – Aliás, a Gaiola das Popozudas acabou?
Valesca -
Não! Deu uma parada pra poder se reestruturar, e voltar nesse ano, minha irmã tinha entrado, só que ela ainda precisava acertar muitas coisas, dança, voz , perder a timidez. Então, sentamos com ela e pensamos em trabalhar isso e refazer a Gaiola de uma forma que quando voltar não tenha comparações comigo. Senão o público vai sempre comparar e uma nunca será como a outra.
gaiola
HG – As ex- integrantes da Gaiola são suas amigas ou tipo te odeiam por ter se destacado e saído do grupo?
Valesca –
Hahahahaha Passaram muitas meninas ali, muita mulher junta sempre existe uma que não gosta da outra ,todas foram bem profissionais , no começo da Gaiola houve um ciúmes maior isso é normal depois de um tempo quando iam trocando as meninas as que entravam já sabiam que seriam minhas dançarinas então não tinha aquele problema de reclamar “Mas porque ela aparece mais do que eu” mas no começo bem lá no comecinho rolava ciúmes sim, Hoje em dia tenho contato com algumas, sempre que as encontro pergunto como estão , não sou de sentar com elas e tomar o café da tarde fofocando da vida, mas também não desejamos um pior pra outra.

HG – Seu clipe no ombro teve orçamento de 500 mil reais? Onde foi gasto tanto dinheiro?
Valesca -
Gastamos com tudo, nada foi de permuta ou patrocínio, NADA! Paguei da tia do café até a locação do castelo, então você imagina gastos pequenos e gastos enormes, foi pago centavo por centavo de todos figurinos, maquiadora, câmera, produtora, aluguel do tigre e águia, transporte, lanche, cabelo, passagens de avião , aluguel de cenário ou seja.. tudo tudo tudo.. no final ficou um valor BEM ALTO, mas costumo dizer que valeu a pena cada centavinho gasto, estou me sentindo realizada.

HG – Conta pra mim, você estava morrendo de medo daquele tigre, né? Dá pra ver na sua cara, ehehehhe…
Valesca –
Pior que não, recebi instrução pra não fazer muitos movimentos bruscos, pois a Princesa, esse é nome dela, poderia se assustar e me atacar. Mas treinei antes, e ela é bem tranquila, não tive medo, mas tive que me controlar pra não assustá-la .
valescaetiger

HG – Beyoncé e Katy Perry foram suas referências pro clipe. Você pensa em virar uma cantora pop e abandonar o funk?
Valesca -
Inclua na lista (Britney, Gaga, Rihanna, Demi, Madonna e Nick Minaj) porque foi assim, não escondo de ninguém que sou APAIXONADA pelas divas americanas eu enxergo em cada uma um estilo e personalidade. Então, quando pensamos em fazer o clipe eu já tinha avisado “Quero um clipe nacional com cara de pop americano que não fuja do funk”, eu sou funkeira, não tenho pretensão de me lançar como cantora pop até porque meu estilo não combinaria tanto, gosto muito do Funk e não saio dele .

HG – Muita gente disse que “Beijinho no Ombro” era um recado pra Anitta. É verdade? Existe rivalidade entre vocês?
Valesca -
Jamais!! Isso é uma bobagem grande, nunca fomos amigas de uma ligar pra outra e perguntar como vai, quando ela era da Furacão eu já achava legal algumas músicas dela, a música não foi feita por mim, recebi a música pronta, entendo que o momento lançado da música foi o momento em que ela estava (e continua) estourada com Show das Poderosas, mas não teve recado pra ela, eu até sigo ela nas redes sociais, quando ela fez o show de lançamento no Barra Music dei os parabéns, a imprensa tenta criar uma rivalidade que realmente não existe.
Valesca-e-Anitta
HG – Por que você resolveu fazer os créditos do clipe tão grandes? São quase maiores que a música! Tinha que agradecer aquele povo todo mesmo? Não gostei que não tinha meu nome ahahahah…
Valesca –
Vamos primeira pra parte que não tinha seu nome, ter TINHA o seu, da Katylene, do Papel Pop, Seduzi na padaria, Cartas para Pi e Te Dou um Dado, JURO PELO MEU FILHO que havia colocado o nome de vocês. A produtora a cada dia recebia nomes diferentes e ia fazendo a mudança e isso foi atrasando o clipe, eu precisava sim agradecer a todo mundo porque não tenho gravadora, e todo mundo logo quando lançou a música divulgou deu forças sem eu pagar nada, meus Fãs gente ficavam madrugadas votando e pedindo a música nas rádios, fazendo memes na internet com as frases da música, não tinha como eu deixar de agradecer ninguém que nesses anos todos de Gaiola me deram força, ficou enorme, ficou estranho mas era a parte que eu não abria mão os agradecimentos, sinto muito que no final a produtora pra finalizar mais rápido tenha cortado vocês, mas eu JURO que coloquei.

HG – Beijinho no Ombro é a música que vai marcar a virada na sua carreira? Vai ter uma Valesca antes e Valesca depois?
Valesca -
Vai, já mudou bastante já podemos fazer um A.BO e D.BO hahahahaha se Deus quiser será um divisor de águas do bem rsss

HG – Você pretende tirar o “Popozuda” do seu nome artístico algum dia?
Valesca –
Não. Não penso nisso mesmo, apesar de que os próprios fãs estão apenas agora me chamando de Valesca, mas eu não pretendo mudar .

HG – Valesca, na Fazenda eu te achava super tranquila. Você gostou de ter participado ou se arrepende? Você ainda é amiga do pessoal da sua edição?
Valesca –
Gostei de ter participado, não me arrependo de nada, infelizmente o contato diminuiu quando eu sai mantive contato com alguns. Hoje em dia continuo falando com a Raquel (Bruna Surfistinha)… Sempre que encontro com o Cumpadre (Washington) fazemos a festa e gosto de falar com a Monique (Evans), mas ultimamente não tenho falado tanto com ela… mas se encontro com alguém da edição eu falo. Gostei de participar porque vocês conheceram a Valesca dos Santos, a verdadeira Valesca.
Valesca Popozuda já mostrou suas curvas no chuveiro

HG – O que achou da edição passada cheia de cuspes? Você brigaria daquele jeito com alguém?
Valesca –
Menino eu ví algumas coisas e fiquei PASSADA, jamais brigaria daquela forma, Deus me livre! Entendo que lá dentro ficamos 4 vezes mais nervosos que aqui fora, quem vive aquilo acaba ficando louco, mas não chegaria ao extremo de cuspir ou levar cuspida de ninguém ECAAAAAAAA hahahahahah

HG – Como é sua relação com seu filho? Ele entende seu trabalho? Rola uma vergonha da mãe funkeira ou ele acha o máximo?
Valesca –
Menino é super tranquila, ele cresce sabendo do meu trabalho e entende muito bem, e não tem vergonha de mim ele adora, já tive problema com ele na escola porque uma vez um menino disse “Sua mãe saiu pelada na Playboy” e ele respondeu : pelo menos a minha é gostosa e a sua que é gorda! Hahahaha então já expliquei a ele que não é assim, mas somos bem unidos e converso muito com ele em relação a isso.
mg_1331_1

HG – Aliás, essas coisas que você cantava, você fala na vida? Tipo passa na obra e grita pros pedreiros “Late que eu to passandooo”? ahaha. Ou é uma personagem?
Valesca –
Hhahahahaa eu um dia vou sair na rua pelada correndo e gritando AI NEGÃO TO QUE TO PEGANDO FOGO hhaha mentiraaaaaa, é uma personagem sim! Quando entrei na Fazenda acharam que eu fosse ser a PUT*** da edição, mas eu não sou o que eu canto, não visto uma sainha e tiro a calcinha e corro pro baile procurando um negão. No dia a dia eu brinco, claro, sou parte da Valesca Popozuda e parte da Valesca dos Santos. Hahahaha me divirto com isso tudo.

HG – Valesca, eu lembro de você gastando 30 mil em roupas! Você vai entrar pro funk ostentação? Já está rica?
Valesca –
Não estou rica, mas também não estou pobre, estou normal hahahaha não é o meu estilo o funk ostentação, mas se eu posso hoje em dia chegar na Chanel e sair com uma bolsa de 5 mil porque não fazer? Trabalho pra isso, perco noites cantando e no final do mês mereço um mimo hahahaha eu gosto de me vestir bem hoje em dia e qual mulher não gosta, né?

chanel

HG – E sobre boys? Nunca vi você aparecendo com um romance publicamente! Você está solteira? Se estiver, conta como é o seu homem ideal. E se não estiver, conta quem é o bofe!
Valesca –
Olha eu sou assim, já levo uma vida de uma mulher polêmica, então imagina se a cada mês eu aparecesse com um bofe diferente? Aí sim, meu filho teria vergonha de mim, concorda? Eu tenho meus ficantes, mas sempre aviso a eles “Não quero expor pra mídia, você está ficando com a Valesca dos Santos e não a Valesca Popozuda”. No momento estou solteira, mas eu estava ficando com um rapaz da academia, só que ele é muito mulherengo e sempre pegava ele de papo com outras, resolvi logo cortar, não nasci pra correr atrás de homem, eles que corram atrás de mim se quiserem, estou há 4 dias solteira.

HG – Na cama você faz tudo aquilo que você canta? Como é uma noite com Valesca? Vale tudo?
Valesca –
Faço! Isso eu faço hahahahahahah tudo tudo tudo e eles ainda pedem dedinho #Prontofalei! Vale tudoooooooooo ou quase tudo (sem fazer necessidades fisiológicas em mim, pelo amor de Deus!) de resto, eu faço tudo. Sou liberal e gosto de ser dominada na cama.

HG – Rolam na internet umas fotos do seu antes e depois. Você se arrepende de alguma plástica? Vai fazer mais? Onde?
Valesca –
Nenhuma, eu fiz bumbum e peito só isso, o resto eu mudei cabelo, o corpo mas cirurgia eu fiz apenas 2 e não me arrependo em nada, não penso em fazer mais nenhuma mas se amanhã sentir necessidade de melhorar alguma coisa e achar que devo fazer eu faço! Mas por enquanto não vou mexer mais em nada.
valeska

HG – Esse implante no bumbum não incomoda na hora de sentar?
Valesca –
Nadaaaaaaa, você nem sente ele juro, quando coloquei eu sentei no primeiro dia, não existe isso que fica não sei quantos dias de bunda pro alto, você nem nota ele aqui, só não posso tomar injeção na bunda, né? hahahahahaha
valescabumbum

HG – Você virou diva gay. Por que você acha que isso aconteceu? As bees te amam!!
Valesca –
Eu amo as gays, meu Deus do céu amoooooooooooo , sempre fui amiga das bees, meu círculo de amizades sempre foi maior com eles deste a época que eu nem era Valesca Popozuda, sempre me aborreci quando algum amigo meu sofria preconceito ou era alvo de homofobia. Então, comecei a defender esse público e eles me abraçaram e eu coloquei todos em baixo de minhas asas e faço tudo por eles, sou eternamente grata ao título de musa Gay, quero chegar nos 100 anos e continuar com o título porque tenho um grande orgulho dele.

valescadavid

HG – Você acha que é vitima de preconceito no meio artístico? Tipo gente que não quer “se misturar”? Já sentiu isso em algum momento?
Valesca –
Eu sinto, não vou dizer que não sinto, pois estaria mentindo. Eu fico triste porque às vezes admiro tanto um artista ou cantor(a) e percebo que o mesmo está com medo de ter ligação comigo pela imagem de pessoa polêmica que eu passo, mas eu faço a egípcia e não morro por isso. Não quer? Então tá, dou um beijinho no ombro e saio fora.

HG – Como foi seu encontro com a Rihanna? Foi por acaso ou tu foi atrás dela? Conta tudo que ela te disse!!
Valesca –
Haaaaa eu fui ver uma locação que iríamos utilizar pra gravar meu novo clipe (já estamos com algumas ideias e adiantando isso pra vocês em primeira mão), eu já estava saindo quando vi uns seguranças lá e pensei.. “gente quem está aqui?” E um deles me disse RIHANNA! Então não pensei duas vezes! Foi o destino que marcou aquele encontro, eu sou fã dela!Aamooooooo! E quando olhei pra trás adivinha quem estava chegando? Fiquei tão nervosa que nem olhei pra foto! Eu não tirava os olhos dela hahahahahha… jamais imaginaria poder chegar perto dela, eu queria muito que isso acontecesse, então na hora eu dizia que era fã, que estava encantada e ela sorria (Nem devia estar me entendendo) mas eu arrisquei meu FISK e soltei algumas coisas em inglês tipo “ I love you” hahahahahah e ela sorria e respondia “Obrigada”, mas ela é muito simpática e atenciosa com todos.

valescaeriri

HG – Qual o seu próximo sucesso? Você vai investir em mais clipe bafônicos? O que pretende daqui pra frente?
Valesca –
Tenho 3 músicas novas e estamos analisando cada uma, já estamos vendo sim um clipe novo bafônico, e eu quero seguir o mesmo caminho que estou agora, quero continuar trabalhando esse lado que eu ainda não conhecia muito bem.

HG – Pra quem você manda um beijinho no ombro?
Valesca –
Vou mandar um especial pra você e pros Popofãs porque vocês fecham com o bonde então merecem ! e um beijinho no ombro pro recalque passar bem longe nas pessoas que tem preconceito com o funk e com os gays. Vamos mandar um RALA SUA MANDADA bem grande pra afastar essas pessoas de nossas vida!!
kissvalesca

por Diogo Alcantara, 28 de janeiro de 2014

POSTS RELACIONADOS

COMPARTILHAR NO FACEBOOK